Pesquisas

98% dos brasileiros acreditam que bons professores podem transformar a vida de uma pessoa, mas 72% reconhecem que a profissão não é tão valorizada em comparação com outras

O Instituto Península – organização social que acredita no professor como principal agente transformador da Educação brasileira – divulgou a pesquisa inédita “Percepção da população brasileira sobre a profissão professor” para marcar o Dia dos Professores (15 de outubro).

Em parceria com o IPEC (ex-Ibope), o estudo destaca que 98% dos brasileiros acreditam que os professores são capazes de transformar vidas e que, para 76%, os professores brasileiros são competentes. Contudo, 72% reconhecem que a profissão docente não é valorizada quando comparada com outras como médicos, engenheiros e advogados, sendo que 74% acreditam que seja tão ou mais difícil ser professor. Além disso, apenas 20% da população acredita que os professores tenham melhores condições de trabalho do que outras profissões.

Ainda segundo a pesquisa, para 98% dos brasileiros, a Educação é fundamental para ter sucesso vida. No entanto, apesar de reconhecer a importância do professor para o país, grande parte da população brasileira não enxerga a escola como um ambiente profissional adequado e que, portanto, necessita oferecer melhores condições de trabalho e oportunidades de desenvolvimento para os docentes. Dentre os brasileiros entrevistados, menos da metade dos brasileiros (45%) acredita que os professores são cuidados e respeitados no ambiente escolar e apenas 57% creem que os estudantes respeitam seus professores.

Para Heloisa Morel, Diretora-Executiva do Instituto Península, a pesquisa representa, em números, o que há muito tempo se fala acerca dos professores. “A valorização da profissão professor é um tema que merece estar na pauta sempre. Essa pesquisa traz uma evidência concreta que a população reconhece e valoriza o trabalho do professor. Acreditamos que a pandemia tenha evidenciado o papel dos docentes à medida em que as escolas foram fechadas e as aulas passaram a ser remotas, trazendo para ainda mais perto das famílias o dia a dia da relação ensino-aprendizagem. Com certeza esse foi um passo importante para a valorização da profissão que forma todas as outras, mas ainda longe do satisfatório. É preciso, sobretudo, investirmos nas condições de trabalho dos educadores e oferecermos a eles oportunidades de desenvolvimento. Precisamos entender, como país, que os professores são os principais agentes de transformação para uma Educação de qualidade e, consequentemente, do nosso crescimento enquanto nação”, explica.

Em relação à efetividade do trabalho docente, 85% da sociedade acredita que os professores agem em prol do melhor interesse para os seus alunos e, sobretudo, que um profissional de qualidade, mesmo em contextos desafiadores e condições de trabalho desfavoráveis (78%), é capaz de gerar bons resultados para os estudantes.

Confira a pesquisa completa.

Posts relacionados
Pesquisas

Qual é o papel da Educação Esportiva?

Pesquisas

Volta às aulas presenciais no Brasil: apenas 11% dos professores acreditam que os alunos aprenderão o esperado em 2022

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support